A sua cicatriz da cesariana

Após o parto por cesariana, uma das questões que preocupa as mães é a aparência da sua cicatriz. É comum ficar-se ansiosa sobre o processo de cicatrização e qual será o aspeto final da mesma.

Um corte na pele e/ou músculo e/ou órgão leva cerca de 4 semanas a cicatrizar na totalidade. É normal que durante esse período tenha algumas sensações como comichão, picadas, pontadas, alteração da sensibilidade. Todas estas sensações são perfeitamente normais e resultado do processo de cicatrização.

Durante o período de cicatrização deve estar atenta a: comichão intensa, picadas fortes, febre, ardor intenso. Neste caso será prudente contactar de imediato o seu obstetra.

Com o passar dos meses é comum a cicatriz ficar avermelhada durante alguns meses, o que nos dá a indicação de que o processo de cicatrização ainda se encontra em fase ativa e de amadurecimento. Uma cicatriz dita “normal”, deve ser fina, sem relevo, de coloração semelhante à da pele local tornando-se, por vezes, quase imperceptível. Esta evolução poderá ir de 3 a 18 meses.

É importante reter que cada pessoa tem a sua “qualidade de cicatrização”. Se já é portadora de cicatrizes deve observá-las e perceber qual a tendência cicatricial que apresenta. Apesar de haver uma tendência genética na cicatrização todo este processo pode ser acelerado através de algumas técnicas de fisioterapia que poderão influenciar positivamente os resultados finais!

No entanto, para além da aplicação destas técnicas (massagem, mobilização, aplicação de kinesio tape) existem alguns cuidados que deve ter com a sua cicatriz. Deve aplicar um creme hidratante na cicatriz diariamente. Pode começar a mobilizar a cicatriz logo que veja que o tecido está fechado e já não existam pontos. Não deve carregar pesos e fazer esforços físicos nas primeiras semanas (espere pela consulta de revisão). Deve colocar a mão na cicatriz e comprimir suavemente ao evacuar ou quando tossir nos primeiros 7/15 dias. Atenção à depilação (principalmente com cera) na zona da cicatriz, nas primeiras 4 semanas. Se for urgente fazer a depilação poderá utilizar uma gilete caso já não existam pontos ou crostas. Deve evitar expor a sua cicatriz ao sol nos primeiros 6 meses e após este período deve colocar sempre protetor solar.

Se a sua cicatriz é espessa e elevada, dura em algumas regiões, o tecido está aderente ou faz uma linha bem pronunciada e a barriga faz uma bolsa em cima dela deve procurar um fisioterapeuta para avaliar a cicatriz e ajudar no processo de a tornar imperceptivel.

Leave a Comment