Dor lombar na gravidez

É comum ouvirmos as grávidas dizerem que têm “dores nas costas”. Estas dores podem surgir em qualquer trimestre da gravidez, sendo mais frequentes na zona lombar, sacroilíaca e pélvis. Em situações mais extremas podem mesmo irradiar para os membros inferiores.

Mas quais são as causas para o aparecimento da dor lombar durante a gravidez?

Sabemos que as mamãs sofrem alterações inevitáveis durante a gravidez com o objetivo de preparar o corpo para o momento do parto. Ocorrem alterações na postura, aumento do peso corporal e aumento de produção de algumas hormonas (relaxina e progesterona) que poderão influenciar o aparecimento da dor lombar.

O que é que cada uma destas alterações provoca ao corpo da mulher?

O centro de gravidade da mãe vai alterar-se logo no inicio da gravidez, devido não só ao crescimento gradual da barriga (inerente ao crescimento do bebé), mas também, devido ao aumento do tamanho das mamas. Estas duas situações fazem com que a grávida tenha de ajustar a sua postura. Este reajustamento corporal leva a um aumento da curvatura da coluna lombar. A este aumento associa-se um excesso de esforço da musculatura das costas (para contrariar o aumento da curvatura), originando tensão muscular e consequentemente dor. Podendo ainda, ocorrer a compressão de algumas estruturas nervosas, aparecendo por vezes dor no nervo ciático. Por outro lado, durante esta fase começa a ocorrer a separação dos músculos abdominais (diástase abdominal) criando-se um desequilíbrio entre a musculatura anterior e posterior desta zona e agravando a dor na lombar. Exercícios de mobilidade da bacia adequados podem ajudar no alívio da dor.

Para além disso, o aumento de peso durante a gravidez leva a que a coluna vertebral tenha de suportar um peso adicional. É quase inevitável este aumento de peso, no entanto, com uma alimentação saudável e a prática de exercício físico adequado podemos controlar este aumento.

Por último, o aumento da produção das hormonas relaxina e progesterona promove o aumento da elasticidade dos ligamentos da bacia e da coluna vertebral, de forma a que as articulações estejam mais maleáveis durante o parto permitindo a passagem do bebé pelo canal de parto. Durante a gravidez estas estruturas têm mais mobilidade o que origina uma maior instabilidade articular e um aumento da laxidão corporal logo mais dor nas costas.

E o que é possível fazer para prevenir a dor lombar durante a gravidez?

Algumas dicas como evitar usar sapatos de salto muito alto (pois aumentam a sobrecarga na coluna, alteram a postura e aumentam a curvatura lombar provocando um aumento da dor), evitar sentar-se de pernas cruzadas (a bacia e a coluna ficam assimétricas levando a um desequilíbrio muscular), evitar levantar objetos pesados (ou optar usar as suas pernas para o fazer), usar almofadas enquanto dorme (para dar um maior apoio nas costas, dormindo assim numa posição confortável) podem aliviar a dor.

E como tratar a dor lombar?

Se tem tendência para ter dores nas costas, previna o acumular da tensão muscular fazendo massagens terapêuticas com alguma regularidade.

Faça exercício físico regular, em grupo ou individual, pois o exercício físico e o alongamento muscular previnem a dor e ajudam no controle do peso, promovem o fortalecimento da musculatura da coluna vertebral, corrigem a posição da bacia, melhoram a postura e consequentemente aliviam a dor.

Leave a Comment