Barriga Lisa

Barriga lisa no pós parto

Após o parto, uma das preocupações das mulheres é recuperar a forma física que tinham antes da gravidez. Mas será que todos os treinos são adequados para a sua condição atual?

Antes de recuperar a forma é fundamental pensar na sua saúde e no equilíbrio do seu corpo, nomeadamente, da musculatura abdominal que são dos músculos mais lesados durante a gravidez (à semelhança dos músculos do pavimento pélvico).

Durante a gravidez , os músculos retos abdominais sofrem uma separação ou afastamento ao longo da linha alba (linha escura que surge na barriga e vai desde o púbis até ao umbigo, às vezes até mais acima). Este afastamento deve-se a fatores biomecânicos (crescimento fetal e uterino) e a fatores hormonais (relaxamento dos músculos). A sua incidência é maior durante o 2º trimestre de gestação e cerca de 60% das mulheres após o parto apresentam diástase abdominal. Não provoca dor e muitas vezes passa despercebido, mas pode acarretar alguns problemas de saúde se não for tratada devidamente.

Portanto, primeiro que tudo é fundamental avaliar a sua diástase abdominal antes de iniciar a prática de qualquer tipo de exercício físico. Só assim é possível saber quais os exercícios que são mais aconselhados para si.

Para a recuperação da função abdominal é fundamental encontrar-se um equilíbrio entre a postura (isto é, correção dos diferentes segmentos corporais e ganho de estabilidade da musculatura abdominal) e a força dos abdominais.

O exercício físico no pós parto é fundamental para reeducar a postura e estabilidade da musculatura abdominal, melhorar a função respiratória, reduzir o perímetro da cintura, recuperar o pavimento pélvico, aumentar a força e tonicidade dos músculos abdominais, melhorar a função sexual e promover o relaxamento.

Deverá existir um trabalho de equipa entre a musculatura abdominal, o diafragma e o pavimento pélvico. Quando estes trabalham em conjunto os efeitos obtidos no exercício são muito mais significativos.

É importante começar de forma gradual (de preferência após a consulta de revisão), com uma intensidade moderada, progressão gradual e adequada à sua musculatura abdominal, evitar a fadiga excessiva, hidratar durante a atividade física e usar um bom soutien de suporte.

Está preparada para mudar?

Não se esqueça que nunca é tarde para começar a prática de exercício físico, quer tenham passado 2 meses ou 10 anos após o parto.

Cuide de si para poder cuidar melhor do seu bebé.

Leave a Comment