As hormonas

hormonas durante a gravidez

Muito se fala sobre as hormonas durante a gravidez! São inúmeras as alterações que ocorrem no corpo da mulher e a maioria delas está sob o controlo de algumas hormonas. Hoje venho falar-vos das hormonas mais importantes durante a gravidez: progesterona e estrogénio (já conhecidas da mulher), ocitocina, prolactina e relaxina.

A progesterona é produzida pela placenta a partir das 8/12 semanas (antes disso é produzida pelo corpo lúteo dos ovários). É responsável pela diminuição do tónus muscular o que vai inibir as contrações uterinas. Outra das suas funções é aumentar as substancias nutritivas no útero (ajudando, assim no processo de nutrição do bebé) e é essencial para o aumento do desenvolvimento das glândulas mamárias (ajudando a preparar as mamas para a amamentação).

O estrogénio é também produzido pela placenta a partir da segunda metade do 2º trimestre (até essa altura é produzido pelo ovário). Esta hormona tem como funções o aumento do crescimento uterino (pois o tamanho do útero tem de aumentar para alojar o bebé em crescimento durante as 40 semanas), aumenta o relaxamento das articulações pélvicas (permitindo uma maior mobilidade da bacia durante o parto) e aumenta a irrigação sanguínea na região do útero (para que seja possível uma maior oxigenação do bebé). Por outro lado, atua também ao nível das glândulas mamárias e aumenta o volume dos ductos mamários. Ajuda, ainda, à produção de prolactina.

Esta duas hormonas aumentam consideravelmente a sua produção durante a gravidez e vão ser responsáveis pelas oscilações de humor frequentes. Portanto, quando está mal humorada e com muita vontade de chorar e de seguida tem um ataque de riso, as culpadas são mesmo as hormonas.

A ocitocina (“hormona do amor”) é produzida pela hipófise. Tem um efeito calmante e é indutora do comportamento maternal. É responsável pelo aumento da temperatura corporal, pela necessidade de urinar e pela retenção de líquidos. Potencializa as contrações uterinas durante a gravidez. Durante a amamentação vai ser fundamental para a saída do leite.

A relaxina é produzida pela placenta e permite aumentar o relaxamento ligamentar, diminuir a atividade do músculo uterino e ajuda no amadurecimento do colo do útero (é uma das hormonas responsáveis pelo apagamento do colo uterino  e pela dilatação durante o parto).

A prolactina é a hormona responsável pela produção de leite.

De facto, muito se fala de hormonas durante a gravidez mas elas são fundamentais para preparar o corpo da mulher para a gravidez e a amamentação. O corpo humano é sábio e tudo está pensado ao ínfimo pormenor! Portanto abstenha-se um pouco das oscilações de humor e pense que é tudo pelo bem do seu bebé.

Leave a Comment