A gravidez… e a sua coluna!

gravidez e coluna

Durante a gravidez é muito frequente observar-se dor na região lombar e dor na cintura pélvica (dor que vai desde a região sacroilíaca e irradia até à prega glútea, podendo inclusive, evoluir até à virilha).

As queixas de dor lombo pélvica podem ser multifatoriais mas estão de certo relacionadas com a sobrecarga dos ligamentos pélvicos, as alterações nas curvaturas da coluna vertebral ou as posturas mantidas.

Mas a região lombar não é a única a sofrer alterações e consequentemente a acarretar queixas álgicas. Pode também ocorrer dor ao nível da sínfise púbica como consequência do efeito da hormona relaxina. Nesta fase, verifica-se um desequilíbrio entre o reto abdominal e os adutores (enquanto o reto abdominal estica, os adutores mantém o seu comprimento).

A coluna torácica, pela alteração do posicionamento do diafragma, pode também apresentar queixas álgicas.

E por último, pelas compensações que vão surgindo, a coluna cervical também pode ser afetada.

O que fazer para aliviar esta sintomatologia?

O exercício físico (caso não haja contraindicações clínicas) tem efeitos na melhoria da dor e na prevenção de alguns destes desconfortos.

A massagem pode ser um tratamento útil e combinada com algumas técnicas manuais, miofasciais, entre outras.

Pedir aconselhamento a um fisioterapeuta sobre as posturas e posicionamentos mais adequados pode também aliviar as suas queixas.

Tenha uma gravidez saudável e minimize as queixas da sua coluna.

Leave a Comment