A gravidez… e a sua coluna!

gravidez e coluna

Durante a gravidez é muito frequente observar-se dor na região lombar e dor na cintura pélvica (dor que vai desde a região sacroilíaca e irradia até à prega glútea, podendo inclusive, evoluir até à virilha).

As queixas de dor lombo pélvica podem ser multifatoriais mas estão de certo relacionadas com a sobrecarga dos ligamentos pélvicos, as alterações nas curvaturas da coluna vertebral ou as posturas mantidas.

Mas a região lombar não é a única a sofrer alterações e consequentemente a acarretar queixas álgicas. Pode também ocorrer dor ao nível da sínfise púbica como consequência do efeito da hormona relaxina. Nesta fase, verifica-se um desequilíbrio entre o reto abdominal e os adutores (enquanto o reto abdominal estica, os adutores mantém o seu comprimento).

A coluna torácica, pela alteração do posicionamento do diafragma, pode também apresentar queixas álgicas.

E por último, pelas compensações que vão surgindo, a coluna cervical também pode ser afetada.

O que fazer para aliviar esta sintomatologia?

(mais…)

O exercício e a diástase abdominal

exercicio e diastase abdominal

A diástase abdominal é o afastamento entre os músculos abdominais ao longo da linha alba (linha escura que surge na barriga e vai desde o púbis até ao umbigo, às vezes até mais acima). Este afastamento ocorre durante a gravidez devido ao crescimento uterino e fetal que provoca um estiramento exagerado, mas também devido ao relaxamento muscular (consequência das alterações hormonais).

Por vezes, esta situação resolve-se espontaneamente (entre as 4 e as 8 semanas) após o parto. No entanto, infelizmente isto não acontece à maioria das mulheres (nem no pós parto imediato, nem nos anos seguintes).

Como é que podemos resolver esta situação?

(mais…)

O exercício na gravidez e no pós parto

O exercício na gravidez e no pós parto

Durante a gravidez, caso não tenha contra-indicações clínicas e obstétricas, pode e deve praticar exercício físico.

A sua prática regular durante a gravidez permite promover inúmeros benefícios físicos e psicológicos e não acarreta efeitos adversos para o seu bebé.

Ler mais

Cuidados da mãe no pós parto

cuidados da mae no pos parto

Durante 9 meses foi cuidando de si para que tivesse uma gravidez calma e tranquila e o seu bebé nascesse saudável. Muitas vezes após o parto, as mulheres esquecem-se que também devem cuidar delas para assim conseguir cuidar dos seus bebés.

Para além de manter uma alimentação saudável e equilibrada, sobretudo se está a alimentar o seu bebé com leite materno, deve beber bastante água (cerca de 1,5 litro por dia). Deve descansar bastante (aproveitando as sestas do seu bebé) para conseguir aguentar as noites infinitas sem dormir. E a prática de exercício físico é também aconselhada pelos seus inúmeros benefícios.

Para além disso, existem alguns cuidados que deve ter no imediato.

(mais…)

A diástase abdominal

diastase abdominal

Durante a gravidez, observa-se um aumento da distância entre os músculos abdominais. Este afastamento entre os músculos abdominais deve-se ao estiramento exagerado e à diminuição da espessura da linha alba,  designando-se de diástase abdominal. Esta é uma consequência das alterações hormonais, da sobrecarga mecânica exercida sobre a parede abdominal (devido ao aumento de peso do bebé), mas também da mudança de posição de alguns órgãos.

(mais…)

Barriga Lisa

Barriga lisa no pós parto

Após o parto, uma das preocupações das mulheres é recuperar a forma física que tinham antes da gravidez. Mas será que todos os treinos são adequados para a sua condição atual?

Antes de recuperar a forma é fundamental pensar na sua saúde e no equilíbrio do seu corpo, nomeadamente, da musculatura abdominal que são dos músculos mais lesados durante a gravidez (à semelhança dos músculos do pavimento pélvico).

(mais…)